Skip to main content

Quanto custo esvaziar uma latrina?

Published on: 05/03/2012

Inicia este Março o levantamento sobre os Custos de esvaziamento das latrinas avançadas nas zonas periurbanas da Cidade de Maputo.Os Bairros de Albasine,  Laulane, Mafalala e Magoanine B são os abrangidos pelo levantamento

 

O WASHCost está a realizar ao longo do mês de Março de 2012 um levantamento com vista a apurar os custos de esvaziamento das latrinas avançadas nas zonas periurbanas da Cidade de Maputo.

Nos últimos 10 anos foram construídas muitas novas casas na zona de expansão da Cidade de Maputo. Nestas zonas, foram igualmente construídas latrinas mais avançadas (fossa séptica, latrinas com casotas de blocos etc.) com maior durabilidade.

Depois alguns anos de uso estas fossas já cheias, e precisam de intervenções como esvaziamento. Mas quanto custa esse empreendimento? Para responder a essa pergunta, o WASHCost vai aos bairros antigos (Laulane e Maxaquene B)  buscar dados relativos a custos de esvaziamento. O WASHCost vai também aos Bairros de expansão (Albazine e Magoanine) para apurar os custos de construção .

As pesquisas do WASHCost de 2010, trouxeram muita informação sobre custos do ciclo de vida de latrinas tradicionais e melhoradas mas muito pouca informação sobre latrinas mais avançadas, razão pela qual este levantamento buscará fechar a lacuna.

Espera-se que com essa informação, os provedores de serviço de saneamento estejam em melhores condições para orçamentar e planificar baseando-se nos custos reais e desagregados de construção, manutenção e especificamente de esvaziamento. Espera-se igualmente aferir-se se existe ou não uma correlação entre melhores latrinas e altos níveis de serviço.

O terceiro resultado desta pesquisa será o conhecimento da situação real do esvaziamento nas casas que por sua vez será fundamental para a implementação de um sistema de esvaziamento dos novos bairros de expansão.

Para efeito deste levantamento, serão identificadas aleatoriamente 80 agregados familiares sendo 20 por cada bairro. As ferramentas para este estudo podem ser descarregadas mais abaixo.